domingo, 28 de fevereiro de 2010

Victor ou Victória - Luiz Fernandez, Dalva de Assis, Fábio F. Fabretti, Sarah Mitchigan

Análise de desfile - Lino Villaventura Primavera/Verão 2009/10 pt4

Editorial _POE DE TABATA REZENDE E CAROLINA RODRIGUES, 2009

Lucia - Joaquín Cociña, Cristóbal León and Niles Atallah

PESQUISA, CRIAÇÃO E ESTILO : MODA E LITERATURA 2010 - PESQUISA

Karlla Girotto - O Lugar Que Cada

Karlla Girotto - O Lugar Que Cada Um Ocupa No Mundo
Enviado por karllagirotto. - videos de Arte e de animação

O DUPLO

Karlla Girotto - O Duplo
Enviado por karllagirotto. - videos de Arte e de animação


Karlla Girotto - Auto-Retrato
Enviado por karllagirotto. - Ver os videos os mais originais da rede

sábado, 27 de fevereiro de 2010

SEIS PROPOSTAS PARA O PRÓXIMO MILÊNIO: Eco Acessórios feito de plantas

A natureza é uma grande fonte de inspiração para o design de uma maneira geral. Mais especificamente o design de acessórios, que investe nesta tendência com alguns produtos que prometem transformar o eco acessório na mais nova moda.
O exemplo talvez mais incrível desta tendência é uma “pele” feita de musgo. A peça foi finalista na competição estudantil internacional “Fashioning the Future 2009”, e a proposta da estilista Tara Baoth Mooney foi criar a simbiose entre as pessoas e o ambiente em que vivemos.

Parte bolsa, parte planta caseira, a “Vagabond” da designer Woolly Pocket propõe manter seu verde juntinho a você aonde quer que você vá. A bolsa é feita à mão nos Estados Unidos, em couro e feltro derivado de garrafas de plástico recicladas. Há a opção de utilizá-la como objeto de decoração pendurando-a no teto.
A designer da Toscana Carmel Walsh alistou um restaurador de madeira local para esculpir sapatos de saltos médios confeccionados com nogueiras, aos quais ela acrescentou couro com toques “vegetais”, algodão orgânico, linho, cânhamo e cortiça. Para as apaixonadas pela última novidade em sapatos, Walsh encontrou uma solução inspirada: troque as plantas não os sapatos, de uma estação para outra.




Já a artista búlgara Ceca Georgieva experimentou com folhas frescas, grama e botões de flores coletados no Monte Vitosha em Sofia para dar vida às suas maravilhosas criações, e o melhor: são usáveis! Georgieva destaca-se por utilizar arte para comunicar a nossa relação com o meio-ambiente de maneira sutil e surpreendente.







Anéis de grama são a criação de Hafsteinn Juliusson, cuja peça que tem vários anéis de prata unidos formando uma espécie de “soco inglês” (é isso mesmo, aquele que os homens usam para bater), é feita com musgo genuino da Islândia, que sai destes anéis. Outra tentativa de trazer a natureza para perto de seus residentes. Como qualquer outra planta é necessário regar a peça uma vez a cada cinco semanas para mantê-la saudável e verdejante por até um ano.
 
A engenharia suiça dá um salto com a mini-estufa para viagem Cbijoux’s, uma minúscula planta acasalada em um anel na forma de um domo de vidro.






Finalmente um pequeno arbusto dá luz a um estiloso sapato de salto nas mãos da artista finlandesa Anni Rapinoja Taidekoulutu, que faz parte da sua série “Guarda-roupa da Natureza”. Também feito com uma espécie de musgo, feito de lenços de papel, que é endurecido com uma espécie de caldo de centeio. São como declarações sobre o nosso estranhamento com a natureza e o meio-ambiente. “Ver formas de nosso próprio mundo combinadas com a natureza desperta uma necessidade subconsciente de chegar mais próximo dela, de entrar nela”, declara Taidekoulutu.

Concurso da Vicunha Têxtil convida clientes a criar ecobag!

Para participar do concurso Seu Estilo Vicunha, os interessados realizarão as inscrições no site Vipreview a partir de 1 de março e deverão enviar o projeto e a peça piloto até 9 de abril. Cada trabalho poderá ser desenvolvido por, no máximo, duas pessoas. Os 20 melhores modelos selecionados pela Vicunha serão publicados, em 16 de abril, no site Vipreview, onde estarão expostos para votação do público. Os cinco mais bem votados passarão por nova avaliação da Vicunha, a qual elegerá os três vencedores. Os critérios utilizados para a seleção são a criatividade, o visual e a viabilidade de produção.
Para a criação da bolsa, devem-se levar em consideração alguns pré-quesitos: usar tecidos da Vicunha Têxtil (índigo ou brim) na confecção, conter a logo ou o nome da Vicunha e também da empresa participante.
Cada um dos autores das três peças vencedoras receberá premiação: o primeiro lugar ganhará passagem e hospedagem para Fortaleza (CE) ou São Paulo (SP), o segundo colocado será contemplado com iPod Nano e o terceiro, com livro sobre moda. Participe!

SP-ARTE/2010


A SP-ARTE – Feira Internacional de Arte de São Paulo – comemorará sua sexta edição com a participação de cerca de 80 galerias de arte moderna e contemporânea e vários convidados do exterior, curadores de coleções particulares e museus como Tate, Pompidou, MALI e MUSAC.
De 29 de abril a 02 de maio de 2010, o Pavilhão da Bienal transformar-se-á no maior encontro das artes plásticas na América Latina, reunindo as mais importantes galerias brasileiras e também de países convidados, como a Argentina, Uruguai, México, Estados Unidos, Espanha, França e Inglaterra, o que garantirá uma rica experiência com a arte contemporânea e com a notável qualidade de mais de 1.500 obras de artistas renomados e jovens talentos.

Inspirada nas grandes feiras internacionais de arte como Art Basel, Frieze, Arco e Fiac, a SP-ARTE trouxe para a cidade de São Paulo, coração financeiro da América Latina, a atmosfera vibrante e estimulante destes grandes eventos, e se estabeleceu no calendário nacional e internacional como um dos mais prestigiados e esperados eventos de arte na America Latina. Ao lado de MACO, no México e ArteBa, na Argentina, a SP-ARTE se destaca pela primorosa qualidade das galerias participantes, cuidadosamente escolhidas para garantir a excelência dos trabalhos expostos.

O Programa Cultural SP-ARTE/2010, que será realizado no Auditório Lina Bo Bardi do MAM – Museu de Arte Moderna de São Paulo – nos dias 29 e 30 de abril e 1° de maio, trará palestrantes para debater e refletir sobre a arte – seus processos de criação, de produção, de exposição e de comercialização. Participarão das discussões profissionais de destaque no cenário nacional e internacional, como curadores, galeristas e artistas.
A SP-ARTE/2010 agradece o apoio que recebe dos patrocinadores Itaú Private Bank, da operadora de telefonia celular Oi com apoio cultural da Oi Futuro, e da Mitsubishi Motors e parabeniza a todas as galerias participantes desta edição pela excelência dos trabalhos apresentados e profissionalismo demonstrados nessa etapa de produção da Feira. Agradecemos também, em especial, a todos os artistas, colecionadores, curadores, críticos de arte, jornalistas e também aos amantes das artes que prestigiarão o evento! Esperamos vê-los em São Paulo, na SP-ARTE/2010, de 29 de abril a 02 de maio de 2010.Fernanda Feitosa Diretora

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

CONCURSO : a jovens talentos das áreas do design de moda, design de acessórios e fotografia


O International Talent Support (ITS), importante plataforma internacional de descoberta e apoio a jovens talentos das áreas do design de moda, design de acessórios e fotografia, está de volta. A nova jornada - ITS#NINE - International Talent Support – está marcada para os dias 16 e 17 de Julho, na cidade de Trieste, no Nordeste Italiano. A data limite de recepção das candidaturas é 25 de Março de 2010.


A missão mantém-se: apoiar as novas gerações de talentos, seleccionados por um júri qualificado no final de Abril de 2010, através de prémios monetários, projectos especiais, montras dedicadas, cobertura em revistas, estágios no estrangeiro e oportunidades de emprego.

Diesel, o parceiro principal do ITS#FASHION desde 2002, lança um novo desafio aos jovens designers de moda que querem concorrer este ano: desenhar a colecção ideal Outono-Inverno 2010 focando-se na reinvenção do "Diesel Jacket". O Diesel Award recompensará o vencedor com um prémio no valor de €25.000 e um estágio de 6 meses com a Equipa Criativa da Diesel na sua sede em Itália. Os finalistas poderão também ser distinguidos com os prémios: Fashion Collection of the Year, Fashion Special Prize e Vertice Award, e terão ainda a oportunidade de integrar o júri na próxima edição do ITS.

O ITS#ACCESSORIES, a única competição internacional inteiramente dedicada a todo o tipo de acessórios, alcança a sua quinta edição, contando novamente com o apoio da YKK. Os projectos mais inovadores e criativos competirão ao prémio Accessories Collection of the Year: €5.000 para criar uma nova colecção a ser apresentada no ITS#TEN. O vencedor do YKK Award recebe €10.000 e uma sessão fotográfica profissional. Nesta edição, o ITS#ACCESSORIES conta com o apoio da marca Swarovski, que disponibilizará cristais aos finalistas para concepção das suas colecções, e da Iqons, a maior comunidade de moda on-line do mundo, que oferecerá visibilidade ao evento e aos seus finalistas.

O ITS#PHOTO cresceu ao longo dos anos, descobrindo talentos que posteriormente ganharam prémios no World Press Photo e trabalharam para importantes revistas. Um novo projecto está prestes a ser revelado nesta sexta edição e será apoiado novamente por Pitti Immagine e SVA - School of Visual Arts e envolverá centenas de jovens fotógrafos do mundo inteiro.

ITS#NINE terá um website totalmente redesenhado . Desta vez a equipe do ITS deu mais um passo, criando não só um conceito, mas uma confederação: A Confederação dos Fantásticos Viajantes. São meia dúzia de pioneiros - Astronautas, Chrononautas e Psiconautas - que podem misturar sonhos e tecnologia numa efectiva forma e inimaginável para estender o conhecimento humano. Os finalistas do ITS#NINE serão Fantásticos Viajantes.

Quem quiser experienciar esta viagem deverá enviar a sua candidatura até ao dia 25 de Março (para mais informações visite www.itsweb.org). No final de Abril, dois prestigiados júris – um para moda e acessórios e um outro para fotografia – seleccionarão os finalistas das três áreas, os “viajantes” da criatividade que voarão para Trieste a 16 e 17 de Julho para provar o seu talento e competir pelos prémios do ITS#NINE.
http://www.itsweb.org./

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

FILMES DO SEMESTRE DE 2010 – INDICADOS

PESQUISA DE IMAGENS, CONSTRUÇÕES IMAGÉTICAS E PROPOSTA DE DESFILES DE MODA E ATIVIDADE COMPLEMENTAR (COM O BILHETE DE ENTRADA)

1. PRECIOSA

2. A FITA BRANCA

3. O SEGREDO DOS SEUS OLHOS

4. MOTHER

5. O LOBISOME

6. AVATAR



7. GUERRA DO TERROR



8. EDUCAÇÃO



9. CHÉRI



10. ABRAÇOS PARTIDOS



11. ACONTECEU EM WOODSTOCK



12. BASTADOS INGLÓRIOS



13. A PARTIDA



14. JULIA E JULIA



15. INVICTUS



16. O QUE RESTA DO TEMPO



17. HANANI – CEREJA EM FLÕR



18. UM OLHAR DO PARAÍSO

19. ENTRE IRMÃOS

20. NINE

21. UM HOMEM SÉRIO

22. SHERLOCK HOLMES
 23. DIREITO DE AMAR DE TOM FORD
23. Alice
24. O MUNDO IMAGINÁRIO DO DR. PARNASSUS
25. CRIAÇÃO

SÉTIMO SEMESTRE DE GESTÃO E CRIAÇÃO - DESFILES QUE SERÃO ESTUDADOS

DESFILES INTERNACIONAIS – MILÃO – 2010 – INVERNO:

• D&G (MASCULINO)

• ALEXANDER MCQUEEN ( MASCULINO)

• VIVIENNE WESTWOOD ( MASCULINO)

DESFILES INTERNACIONAIS – LONDRES – 2010:

• LUELLA

• MARIOS SCHWAB

• BASSO&BROOKE

• DANIELLE SCUTT

• DESFILES INTERNACIONAIS – NY – 2010

• CARLOS MIELE

• MARC JACOBS

• CAROLINA HERRERA

• THAKOON

• PETER SOM

• RAG & BOME

• PREEN

• ANNA SUI

• MARC BY MARC JACOBS

DESFILES INTERNACIONAIS – PARIS – 2010 – JANEIRO – INVERNO E VERÃO:

• GUSTAVO LINS

• JEAN PAUL GAULTIER ( FEM)

• CHANEL OUTONO 2010

• GIVENCHY

• DIOR

• ANNE VALÉRIE HASH

• LANVIN ( MASCULINO)

• COMME DES GARÇONS ( MASCULINO)

• JUNYA WATANABE ( MASCULINO)

• ALEXANDER MCQUEEN (FEM)

• ANN DEMEULEMEESTER

• BERNHARD WILLHELM

• BALENCIAGA

• COMME DES GARÇONS ( FEM)

• GARETH PUGH ( FEM – VERÃO RTW)

• DRIES VAN NOTEN

• JC CASTELBAJAC

• JEAN PAUL GUALTIER

• LOIIS VUITTON ( FEM)

DESFILES NACIONAIS:

• OSKLEN

• FH POR FAUSE HATEN

• MARIA BONITA

• REINALDO LOURENÇO

• MARIA GARCIA

• ALEXANDRE HERCHCOVITCH (FEM)

• SAMUEL CIRNANSCK

• ALEXANDRE HERCHCOVITCH (MASC)

• NEON

• LINO VILLAVENTURA

• RONALDO FRAGA

• GLORIA COELHO

• AMAPÔ

• HUIS CLOS

• ANIMALE

• CARLOTA JOAKINA

• DO ESTILISTA

• ANDRÉ LIMA

• FASHION RIO: ACQUASTUDIO

PESQUISA, CRIAÇÃO E ESTILO : livros do projeto moda e literatura 2010

1. Autor: CUETO, ALONSO, livro: A HORA AZUL


2. Autor: ÉRICO VERÍSSIMO, livro: INCIDENTE EM ANTARES

3. Autor: GRACILIANO RAMOS, livro: ANGUSTIA

4. Autor: MÁRIO DE ANDRADE, livro: AMAR VERBO INTRANSITIVO

5. Autor: MARIO BENEDETTI, livro: A TRÉGUA

6. Autor: OSMAN LINS, livro: AVALOVARA, Ed. Companhia das letras

7. Autor: OSVALDO SORIAN, livro: TRISTE, SOLITÁRIO E FINAL

8. Autor: ONETTI, JUAN CARLOS , livro: A VIDA BREVE

9. Autor: BOLANO, ROBERTO, livro: PUTAS ASSASSINAS

10. Autor: CASARES, ADOLFO BIOY, livro: A INVENÇÃO DE MOREL

11. Autor: LISPECTOR, CLARICE, livro: PERTO DO CORAÇÃO SELVAGEM

12. Autor: AQUINO, MARÇAL, livro: EU RECEBERIA AS PIORES NOTICIAS DOS SEUS LINDOS

13. Autor: PUIG, MANUEL, livro: O BEIJO DA MULHER ARANHA

14. Autor: FLAVIO BRAGA E LUIS CLAUDIO DALTRO, livro: 68: MEIA OITO

15. Autor: JUAN RULFO, Livro: PEDRO PÁRAMO CHAO EM CHAMAS

16. Autora: LYGIA FAGUNDES TELLES, Livro: CIRANDA DE PEDRA

17. Autor: PABLO NERUDA, Livro: A BARCAROLA

18. Autor: PAULO RODRIGUES, Livro: À MARGEM DA LINHA

19. Autora: RACHEL DE QUEIROZ, livro: DORA, DORALINA

20. Autor: RICARDO PIGLIA, livro: PRISÃO PERPÉTUA

21. Autor: JORGE AMADO, livro: CAPITÃES DA AREIA

22. Autor: JORGE LUIS BORGES, livro: O ALEPH

23. Autor: LETICIA WIERZCHOWSKI, livro: OS APARADOS

24. Autor: DANIEL GALERA, livro: MÃOS DE CAVALO

25. Autor: LIMA BARRETO, livro: TRISTE FIM DE POLICARPO QUARESMA

26. Autor: GABRIEL GARCIA MÁRQUEZ, livro: CEM ANOS DE SOLIDÃO

27. Autor: LÚCIO CARDOSO , livro: CRÔNICA DA CASA ASSASSINADA

28. Autor: MARIO PALMÉRIO, livro: CHAPADÃO DO BUGRE

29. Autor: PEDRO JUAN GUTIÉRREZ, livro: A TRILOGIA SUJA DE HAVANA

30. Autor: MACHADO DE ASSIS, Livro: DOM CASMURRO

31. Autor: RESTREPO, LAURA, livro: A NOIVA ESCURA

32. Autor: CARLOS D. ANDRADE, Livro: O AMOR NATURAL

33. Autor: CARLOS DE BRITTO E MELO, livro: A PASSAGEM TENSA DOS CORPOS

34. Autor: ERNESTO SÁBATO, livro: Sobre HERÓIS E TUMBAS

35. Autora: HILDA HILST, livro: CARTAS DE UM SEDUTOR

36. Autor: JULIO CORTAZAR, livro: O JOGO DA AMARELINHA

37. Autor: PLÍNIO MARCOS, livro: NAVALHA NA CARNE

38. Autora: SYLVIA IPARRAGUIRRE, livro: A TERRA DO FOGO

39. Autor: JOÃO UBALDO RIBEIRO, livro: SARGENTO GETÚLIO

Fashion Forward


Depois da exposição “SHOWstudio: fashion revolution” ano passado, a Somerset House, em Londres, vai abrigar a Maison Martin Margiela 20 – The exhibition, a partir de junho de 2010 até setembro, para celebrar os 20 anos dessa que é uma das grifes mais influentes e enigmáticas do mundo da moda, (afinal, poucos sabem como é o rosto de Martin Margiela). A exposição tem curadoria do Museu de Moda da Antuérpia e apoio da Maison Martin Margiela. E para os fãs da marca que não aguentam esperar pela exposição, vale correr e comprar o livro lançado ano passado pela Rizzoli com um mega resumo de imagens (mais de 400!) da maison e textos de Carine Roitfeld e Jean Paul Gaultier.

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Alexander McQueen Retrospective

o criador e sua criatura

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

OLIVIER THEYSKENS: THE OTHER SIDE OF THE PICTURE


“Olivier Theyskens - The Other Side of the Picture” é mais um livro imprescindível para os amantes da moda e fotografia, editado pela Assouline. Trata-se de uma colectânea de fotografias de backstage de diversos desfiles de Olivier Theyskens, um projecto que o designer belga desenvolveu durante a última década com o fotógrafo Julien Claessens e que traduz a visão romântica de ambos. A introdução é de Sally Singer, editora de moda da Vogue americana.
Em 1998, com 20 anos, Oliver Theyskens desistiu da escola de design para criar a sua primeira colecção. No ano seguinte, o jornal Women’s Wear Daily destacou a sua “Star Quality” e a revista Harper's Bazaar baptizou-o de “Instant Icon”. Nesse Inverno, Madonna usou uma criação sua nos Óscares.
Na década seguinte, Theyskens emprestou o seu talento a duas grandes casas de moda internacionais: Rochas e Nina Ricci. As suas criações apareceram nas capas das edições francesa, inglesa e americana da revista Vogue, vestidas por Reese Witherspoon e Nicole Kidman, entre outras estrelas. Theyskens impressionou os editores e produtores de moda com a sua estética sombria e enigmática e as suas “visões ferozes de super-heroinas Victorianas”, interpretadas em pele.
Neste livro de edição especial, o fotógrafo Julien Claessens, a quem foi dado acesso privilegiado aos bastidores dos desfiles de Theyskens, capta a misteriosa e romântica obra do célebre designer belga.

moda: “Com que roupa eu vou? Pro samba que você me convidou”, título também da música do sambista Noel Rosa.

RIO DE JANEIRO – A segunda escola a desfilar nesta segunda-feira (15) de Carnaval na Marquês de Sapucaí é a Porto da Pedra, que tenta garantir seu primeiro título no Grupo Especial com o enredo “Com que roupa eu vou? Pro samba que você me convidou”, título também da música do sambista Noel Rosa.
Falar de moda, luxo, cultura e arte em alta costura é quase como falar de Carnaval. E é esta mistura purpurinada que a vermelha e branca deve mostrar na avenida, com a funkeira Valeska Popozuda como Rainha de Bateria. A Porto da Pedra vem composta de 38 alas, aproximadamente quatro mil componentes, além de sete carros alegóricos e três tripés.
Para contar a história das roupas ao longo do tempo, a escola faz menção a grandes personalidades que influenciaram o mundo com o modo de vestir, como Rainha Elizabeth, Maria Antonieta, Rei Luiz XIV, Cleópatra, Coco Chanel, entre outras. Marília Pêra fará o papel da famosa estilista francesa.  O encerramento da apresentação homenageia importantes nomes da moda no Brasil, como Lenny Niemeyer, Zuzu Angel, Alexandre Herchcovitch e Lino Vilaventura.

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

ADEUS ALEXANDER MCQUEEN - 1969 – 2010

O mundo da Moda está de luto e consideravelmente mais pobre. O genial designer britânico Alexander McQueen foi hoje encontrado morto no seu apartamento, em Londres. A sua morte, aos 40 anos, ocorre a poucos dias do início da Semana de Moda de Londres e a um mês da apresentação da sua nova colecção em Paris.

McQueen suicidou-se oito dias após a morte da sua mãe, com quem mantinha uma relação bastante próxima. Há três anos tinha-se suicidado também Isabella Blow, amiga íntima do designer que o descobriu e ajudou a alcançar a fama. Segundo fontes próximas, McQueen não superou as perdas e enforcou-se.

Alexander McQueen nasceu numa grande família, em Stratford, a este de Londres, e cedo se inseriu nos círculos da moda. Começou a sua carreira como modelista aos 16 anos, num alfaiate de Saville Row. Partiu para Milão, onde trabalhou para Koji Tatsuno e Romeo Gigli. De volta a Londres, ingressou na St Martin’s School of Art, onde se licenciou em 1992. No ano seguinte abriu o seu atelier, alcançando de imediato o estatuto de enfant terrible, pelos seus desfiles extravagantes, que misturavam arte, moda, tecnologia e som. Rebelde e criativo, McQueen era um designer de excelente técnica, destacando-se entre as suas inovadoras criações as calças bumster. Vestiu celebridades como Rihanna, Sarah Jessica Parker e Lady Gaga. Foi também o criador da imagem da capa do álbum Homogenic, de Björk. Em 1996 foi contratado pela casa Givenchy, sucedendo a John Galliano na direcção criativa da tradicional casa parisiense, onde permaneceu até 2000. Ganhou o prémio de melhor designer britânico quatro vezes.

A 18 de Janeiro apresentou a colecção de menswear Outono/Inverno 2010/2011, na semana de Moda de Milão. Em suspenso fica a colecção que apresentaria em Paris, no próximo mês. O nosso caloroso adeus ao grande génio da moda. As suas extraordinárias criações ficarão para sempre na nossa memória.





quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

CASE: MARCA - Benetton procura algo diferente

Quem ÉS? O que tens de DIFERENTE? Qual é o teu ESTILO?

A Benetton vai lançar uma enorme campanha global, multimédia e interactiva, intitulada "IT’S MY TIME", que visa descobrir novos rostos, novos looks e novas atitudes de vida para o século XXI. O objectivo da competição, que pretende ser uma representação global de estilo, é seleccionar 20 novos rostos de todo o mundo para integrarem a próxima campanha publicitária da marca para o Outono/Inverno 2010/11.
Estilo sem fronteiras, jovem, pessoal e orientado para o futuro; a Internet, como ponto de encontro global; e uma Nova Tecnologia, para dar apoio à liberdade de ideias e imaginação, são os elementos fortes de "IT’S MY TIME". A Benetton procura algo diferente, original e surpreendente, desafiando os jovens de todo o mundo a mostrarem os seus estilos, atitudes e looks pessoais, como forma de desvendarem as suas individualidades.
O projecto terá início na próxima segunda-feira, dia 8, com o desafio aos jovens para participarem no casting global, fazendo o upload de vídeos e fotografias no site www.benetton.com/casting. Entre meados de Fevereiro e finais de Março de 2010, os concorrentes serão votados pela comunidade online e por um júri de especialistas, que seleccionará os 20 finalistas que irão protagonizar a campanha publicitária da colecção Outono/Inverno 2010/11.  A campanha será fotografada por Josh Olins, em Nova Iorque.

PESQUISA, CRIAÇÃO E ESTILO : TIM BURTON

Romeu e Julieta, 1981-1984, caneta, marcador e lápis de cor sobre papel (30.5 x 40.6 cm), de Tim Burton (desenho para um projeto não realizado, de adaptação da história escrita por Shakespeare, com uma massa de mar e uma de terra como o casal do título. Foto: Reprodução

NOVA YORK - O Balzac esculpido por Rodin em 1898, que ocupava o lugar de maior destaque no lobby do Museum of Modern Art (MoMA), em Nova York, cedeu o posto ao balão inflável de um menino de 6,5 metros de altura, cabeçorra azul e olhos arregalados. A cabra de bronze criada por Picasso em 1950 divide a parte mais ampla do jardim interno do museu com o topiário em forma de alce que enfeitava a entrada do castelo de Edward Mãos de Tesoura. Às vésperas de lançar Alice no País das Maravilhas, seu 15º longa, e presidir um dos mais prestigiados festivais internacionais de cinema, o de Cannes, Tim Burton, o menino malucão do surrealismo pop americano, compartilha o panteão de grandes nomes das artes visuais ao ser homenageado com a primeira exposição de seus trabalhos feita por um museu.
A carreira de Burton deslanchou com As Grandes Aventuras de Pee Wee (1985), seguido por Os Fantasmas se Divertem (1988), Batman (1989) e Edward Mãos de Tesoura (1990). Na última seção da retrospectiva, Beyond Burbank, além de centenas de desenhos e textos dele para preparação desses filmes (de Alice, há apenas um estudo para o personagem da Rainha Vermelha) e de outros que ele dirigiu ou produziu, estão peças de figurinos e objetos como o carrinho de bebê do Pinguim de Batman - O Retorno (1992), a blusa de angorá usada por Johnny Depp em Ed Wood (1994), cabeças decepadas de Marte Ataca (1996) e bonecos animatrônicos de A Fantástica Fábrica de Chocolate (2005). Completam essa última parte desenhos e textos para projetos como o do livro ilustrado de poesias para crianças The Melancholy Death of Oyster Boy and Other Stories, de 1997, e modelos pintados à mão da coleção de brinquedos Tim Burton’s Tragic Toys for Girls and Boys, que ele criou em 2003.
Honrado pela reverência à sua obra, no livreto que acompanha a retrospectiva lembra que, até a adolescência, o único museu onde pôs os pés foi o de cera, em Hollywood. Em Burbank, se não ocupasse seu tempo vendo TV, filmes de monstros ou desenhando, ia brincar no cemitério. Quando começou a frequentar museus de arte, achou que eles tinham um clima semelhante ao daquele playground. "Não de um jeito mórbido. Ambos têm atmosfera tranquila, introspectiva e, mesmo assim, eletrizante."
Depois do MoMA, entre junho e outubro a retrospectiva será exibida no Australian Center for the Moving Image, em Melbourne, seguindo de lá para o Canadá, com exibição entre novembro deste ano e abril de 2011 no Bell Lightbox, em Toronto. O Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) anunciou que pretende mostrar a retrospectiva dos filmes dele ainda este ano ou no início de 2011 no Rio e, talvez, também em São Paulo.
Fonte: http://www.estadao.com.br/noticias/arteelazer,moma-reverencia-o-surrealismo-pop-de-tim-burton,508249,0.htm

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

PESQUISA, CRIAÇÃO E ESTILO : arte invulgar

Yuken Teruya é o criador desta arte invulgar, que faz com que árvores surjam de sacos de compras, rolos de papel higiénico e jornais. O artista japonês manipula materiais que todos nós desperdiçamos, transformando os seus significados para reflectir sobre a sociedade contemporânea e a cultura. As suas criações são singulares e parecem captar momentos de transição nos quais os objectos utilizados se transformam e evoluem.

A partir de sacos de papel, rolos de papel higiénico, livros e folhas, Yuken Teruya cria, através do recorte, meticulosas e complexas árvores em miniatura, pequenos e encantadores mundos, que chamam a atenção para os efeitos do crescente consumismo da sociedade contemporânea, para o esgotamento dos recursos naturais, e outros problemas associados à globalização, como o desaparecimento das tradições culturais e identidades.

A técnica de quirigami (arte de cortar papel) extrai, como se tratasse de uma escultura, formas dos sacos de papel que diariamente deitamos fora, e não importa se são de um supermercado ou de grandes casas de moda como Chanel, Louis Vuitton, Marc Jacobs ou Givenchy. A forma de uma árvore é criada sem adicionar ou remover nada, apenas cortando e dobrando o papel. Yuken Teruya é natural de Okinawa, Japão, e trabalha em Nova Iorque.
 http://www.yukenteruyastudio.com/

APRESENTAÇÃO DO TCC DE TABATA REZENDE E CAROLINA RODRIGUES





http://onspeed.com.br/ensaio-poe.html

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

ESTUDO DO CORPO

Videos produzidos na disciplina Estudos do corpo, 2009.1- professora jo souza.


video baseado no trabalho amor a flor da pele
Vini Uehara, Bruno D'ugo e Rose Thomaz.

Grupo trabalho exatidão : vini, bruno, lary, paloma, marcela e ligia. Direção : Vini Uehara e Bruno D'ugo Figurino : Vini Uehara e Bruno D'ugo Maquiagem : Rose Thomaz Edição : vini uehara professora : Jô Souza Agradecimentos : Aline Cristine, Rose Thomaz, Marcio akiyoshi , Thais Circelli, Sttefanie ventura e todos que ajudaram no projeto.

Narrativa baseada na quinta proposta de Italo Calvino: multiplicidade. Edição/Imagens Erica Perfeito ; Roteiro/Imagens: Thays Teixeira; Imagens: Vanessa Souza e Narração: Dhiogo Landyn


PRIMEIRO SEMESTRE- 2009.1- MULTIPLICIDADE

 
The Fast Fashion - Calvino - multiplicidade
Programa sobre o fenômeno "Fast Fashion" ou "Moda Rápida" cujo lema é: adaptar, vender e renovar em tempo recorde. Apresentado por Eunice Matos, aluna de moda FMU.
 


 
6 QUESTÕES PARA O NOVO MILÊNIO


VISIBILIDADE

Inspirado no livro de Ítalo Calvino "seis propostas para o próximo milênio". Proposta do vídeo: Visibilidade relacionada aos processos imaginativos, mostrando o caráter polissêmico das imagens.


trabalho - Visibilidade

domingo, 7 de fevereiro de 2010

Gustavo Lins: O brasileiro que desfila na alta costura parisiense



Nascido em Belo Horizonte e morando em Paris há 21 anos, ele saiu do Brasil logo depois de se formar em Arquitetura pela Universidade Federal de Minas Gerais. Foi na capital francesa que o estilista aprendeu o seu ofício e trabalhou em maisons importantes como Jean Charles de Castelabajac, John Galliano, Kenzo, Louis Vuitton e John Paul Gaultier Alta Costura.
Apesar de viver longe do Brasil, Gustavo diz que suas criações têm elementos brasileiros. “Eu me formei como estilista em Paris e aprendi o ofício trabalhando na cidade, o que faz com que minha forma de trabalhar e de pensar as peças seja parisiense. Mas sou brasileiro, nascido em Belo Horizonte, e em mim está o barroco, o requinte do Brasil Colonial, a mistura de raças e culturas. Meu trabalho pode não ser diretamente ligado ao país, mas é brasileiro a partir do momento em que misturo materiais inesperados como a lã, a seda, o linho e o algodão e os pespontos e crio vínculos: isto é o Brasil, somos de origens diferentes, mas falamos a mesma língua, temos os mesmos códigos de comportamento”, diz.

Lins tem um trabalho consistente inspirado em porcelana chinesa e parece desenvolver uma teoria filosófica para explicar o interesse. “ A porcelana é frágil e, como material, tem memória de tudo o que passar por ela na hora de ser modelada -- um pouco como o ser humano. Sinto que a roupa é como uma camada protetora que não permite expor o que está por baixo, porém também é frágil e pode ser machucada”, afirma ele, que fala com paixão da forma como molda a porcelana nos corpos das modelos.

As coleções do estilista são numeradas. Para a Nº 014, foi apresentada no dia 26 em janeiro, em Paris, ele propõe misturar porcelana com couro, algodões espessos, organza de seda, cashemere, malha e papel para criar 21 silhuetas, sendo seis masculinas e 14 femininas -- o que recebeu o nome de “De cara para o vento”. “As porcelanas são trabalhadas como um drapeado, e todo o material será organizado para dar essa idéia de leveza e ao mesmo tempo coragem de quem sai de encontro do vento”, explica.
Sobre o uso da malha, o estilista lembra da crise e dos orçamentos: “A malha tem a facilidade de ser usada em qualquer lugar. Modela no corpo e é confortável, além de ter um custo mais baixo. Precisamos pensar nos orçamentos que com a crise estão muito reduzidos.”
Gustavo Lins parece começar a se interessar pelo Brasil agora, depois de ter batalhado muito para garantir o status que seu nome carrega hoje na moda parisiense. Fala que se tudo der certo, dentro de dois anos se tornará membro permanente da Câmara de Alta Costura. Sobre a força da sua marca em sua terra natal, o designer responde: “Fazer um nome é como fazer um bom vinho, um belo jardim. A minha marca ainda é como um menino, e deve ser trabalhada com paciência.”
fonte: http://colheradacultural.com.br/ascolheres/

Blog registra look na rua para a terceira idade


De moda para a terceira idade, fala-se muito pouco. É como se as senhoras estivessem fadadas a usar apenas aquelas batinhas e conjuntos de calça e camisa que vendem em magazines e lojas especializadas.

Muitas optam pelo conforto acima da vaidade, mas nem todas. Nas ruas, e na internet, é possível ver o estilo que faz a "cabeça de prata" dos vovôs e vovós antenados.
Lembra do The Sartorialist? Ele é feito por Scott Shuman, que teve a simples e brilhante ideia de postar, num blog, fotografias do estilo de pessoas comuns nas grandes capitais do mundo. Ele se tornou um dos mais influentes blogs de moda, tanto que Mário Testino, renomado fotógrafo italiano, deu um depoimento sobre o lançamento do livro “The Sartorialist”, em 2009, dizendo que “é o lugar para ser visto”.

Pois, para quem já tem mais de 50 anos, há outro lugar para ser visto. Baseado no modelo do blog de Schuman, Ari Seth Cohen, que era gerente de lojas especializada em roupas e acessórios masculinos em Seattle, nos EUA, se mudou para Nova York, encontrou um tesouro que rende milhares de looks e boas experiências por dia. Desde 2007, Ari criou o blog Advanced Style, onde posta fotografias de idosos nas ruas. Os estilos são os mais variados e muito bem-compostos, servindo de ótima referência fashion para as vovós internautas que existem por aí.
 Ari é um apaixonado pelas histórias de vida das senhoras e senhores elegantes e por seu estilo. “Todos têm uma história para contar. E essas histórias são como uma coleção de tesouros. Elas inspiram a minha criatividade e vitalidade”, contou à revista "Time Out NY".
É muito interessante notar os estilos, as vaidades e a disponibilidade das senhoras e senhores que sabem envelhecer. Como diz o autor do blog, é fácil notar como o estilo se apura com o passar dos anos.
http://colheradacultural.com.br/

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

ESTUDO DO CORPO: CONSTRUÇÃO IMÁGÉTICA: Teatro da Vertigem leva Kafka

"No primeiro dia em que subi no balancim, falei: 'desce, desce'. Deu um frio na barriga... Deu... vertigem", diz Pardal, ator do Teatro da Vertigem. O nome do grupo nunca foi tão preciso quanto no novo trabalho, "Kastelo. "
A estreia oficial, que seria na sexta, foi remarcada para quinta-feira (4), por conta do tempo instável. É que a peça acontece na parte externa do edifício. Os atores se deslocam em balancins e o público assiste de dentro do prédio. Em caso de chuva forte, a sessão será cancelada.
Esse "palco" suspenso não é surpresa. Desde a estreia, o grupo se apresenta em locais não convencionais, como o rio Tietê ("BR-3"). "O Castelo", de Kafka, serviu de inspiração para a dramaturgia, assinada por Sergio Pires e Evaldo Mocarzel, cujo mote é a rotina de uma corporação. "Hoje, os castelos são envidraçados. Todos estão do lado de fora, pensando que estão inseridos. Mas você só vê o seu reflexo", diz a diretora Eliana Monteiro.

Por conta da iluminação, os atores não enxergam a plateia, vendo apenas suas imagens refletidas. O isolamento acaba sendo mais cruel que a vertigem.

Nome: Teatro da Vertigem Data de Nascimento: 1991
Ocupação: O grupo desenvolve um processo colaborativo na construção da dramaturgia e leva a cena teatral para lugares não convencionais . Formação Acadêmica: Com direção de Antônio Araújo, já trabalhou a partir de textos de Fernando Bonassi, Gilles Deleuze, Sérgio de Carvalho, Luís Alberto de Abreu e Bernardo Carvalho, entre outros. Primeiro grupo a representar o Brasil no Festival Internacional de Teatro Anton Tchecov, em Moscou.
Apresentou-se em países como Chile, Portugal, Colômbia, Alemanha, Polônia e Dinamarca
Em 2005, foi convidado pela associação cultural LOT para fazer uma intervenção em um prédio desocupado no centro de Lima, no Peru
Cena de "BR-3", espetáculo apresentado em locais não convencionais, como o rio Tietê.
Experiência Profissional:
1991 - Estreia "Paraíso Perdido", encenada na igreja Santa Ifigênia, em São Paulo
1995 - O premiado "O Livro de Jó" ocupa o hospital Humberto Primo com interpretação primorosa do então jovem ator Mateus Nachtergaele. O grupo ganha fama nacional e internacional
2000 - "Apocalipse 1,11" encerra a chamada "trilogia bíblica", com uma intervenção no antigo presídio do Hipódromo
2006 - O grupo cria "BR-3", que é apresentada no rio Tietê. No ano seguinte, a peça é retomada na baía de Guanabara, no Rio
2008 - O grupo assina a encenação da ópera "Dido e Enéas", de Henry Purcell, em um galpão do Teatro Municipal, utilizado para guardar cenários e figurinos


Kafka ( foto 1)  e o grupo paulistano já se apresentou no antigo complexo presidiário do Carandiru e no poluído Rio Tietê (foto 2 ).

Sesc Avenida Paulista - av. Paulista, 119, Bela Vista, região central, São Paulo, SP. Tel.: 0/xx/11/3179-3700. 80 lugares. Estreia. 4/2. Qui. a dom.: 21h. Até 14/3. Ingr.: R$ 5 a R$ 20. Estac. (R$ 7 por quatro horas)

ESTUDO DO CORPO ( CONSTRUÇÃO) - Precursor da videoarte estimula percepção do outro em cinco instalações


Homens silenciosos observam o público, enquanto partes de um corpo pressionam uma parede envidraçada. Estas imagens estão em duas das cinco videoinstalações de Gary Hill, um dos precursores da videoarte no mundo, que fazem parte da mostra "Circumstances/Circunstâncias", que estreia no MIS (Museu da Imagem e do Som), em São Paulo.
O primeiro exemplo pertence à obra "Viewer", em que homens silenciosos dispostos em uma longa fila fazem, com o tempo, o observador se sentir o observado. O segundo é do conjunto "Up Against Down", em que o próprio artista se filmou pressionando fortemente uma parede preta envidraçada, utilizando para isso a testa e o pé, por exemplo.

Curador da exposição, Marcello Dantas procurou escolher obras que melhor traduzissem os temas centrais da carreira de Gary, um dos artistas que melhor soube integrar a arte com novas tecnologias. A partir de narrativas complexas e não-lineares --uma capacidade que o vídeo oferece--, o californiano coloca a linguagem e a experiência em confronto, aborda a noção do outro e ainda discute a relação entre linguagem, imagem, identidade e corpo. Na inauguração da mostra, o curador Marcello Dantas participa de uma visita guiada, às 19h.

MIS - espaço redondo - 1º andar - av. Europa, 158, Jardim Europa, região sul, São Paulo, SP. Tel.: 0/xx/11/2117-4777. Abertura: 19/1. Ter. a sáb.: 12h às 19h. Dom. e feriado: 11h às 18h. Até 21/3. Ingr.: R$ 4. Grátis aos domingos. Estac.: R$ 7. Ar-condicionado. Acesso a deficientes. Classificação etária: livre.

ESTUDO DO CORPO: EXPOSIÇÃO ( CONSTRUÇÃO): "O Mundo Mágico de Marc Chagall - Gravuras"

Depois de apresentar séries completas de Goya, o Masp (Museu de Arte de São Paulo) volta seus holofotes novamente à arte da gravura e reúne exemplares de um dos maiores nomes do século 20. "O Mundo Mágico de Marc Chagall - Gravuras" apresenta 178 obras do artista (1887-1985) a partir deste sábado (23).
Nascido na Bielo-Rússia e morto na França, que o adotou como cidadão, Chagall tinha como forma preferida de expressão a gravura. Tanto que produziu memoráveis séries, entre elas "A Bíblia" ("La Bible") e "Dafne e Clóe" ("Daphnis et Chloé"), ambas criadas entre os anos 20 e 50.
Esta última, composta por 42 gravuras, foi inspirada em duas viagens do artista à Grécia --a primeira, em 1952, originou obras nas quais registrou a luz mediterrânea e as emoções vividas no país. Feitos entre 1953 e 1954, os guaches ricos em cores serviram de estudo para a transposição em litografias --uma única gravura exigiu 25 pedras-matrizes, pois foi preciso utilizar uma pedra para cada tonalidade de cor.
A série "As Fábulas de La Fontaine" ("Les Fables de La Fontaine") também está na mostra, com 23 das cem gravuras produzidas por Chagall entre 1926 e 1927. Antes de finalizar as gravuras desta série, Vollard encomendou ao artista uma outra série que receberia o título de "La Bible". A ela pertencem 105 gravuras aquareladas à mão pelo artista, frutos de uma visita à Palestina, todas expostas no Masp.

Endereço: av. Paulista, 1.578, Bela Vista, região central, São Paulo, SP. Classificação etária: livre.

EXPOSIÇÃO: convite-expo- não é monalisa de JaquesFaing e outros

REVISTA DE MODA INFANTIL


Dentes e cabelo na joalheria

Designer australiana usa matérias-prima bizarras
Rafaela Mercaldo
A designer australiana Polly van der Glas certamente não teme ser chamada de excêntrica. A primeira linha de jóias assinadas por Polly dispensa qualquer tipo de pedra preciosa. Nas peças em prata os elementos de destaque são cabelo e dentes humanos.
Polly van der Glas ganhou o prêmio Craft Victoria Fillipo Raphael Fresh! logo que se formou como ourives em 2006.
As matérias-prima, um tanto quanto macabras, provém de doações da cidade de Melbourne. Algumas mechas de cabelo humano também são adquiridas na Índia e na China.
Para ver todas as peças criadas por Polly van der Glas visite o site da designer: http://vanderglas.com.au/

EDITORIAL FMU 2009: PROJETO DO TCC



Filme do editorial de moda foi apresentado no projeto de TCC das alunas Tatiana e Marta. Os Calçados  femininos foram inspirados no pintor Hieronymus Bosch e o vídeo teve como fonte de inspiração o filme "O Anticristo" de Lars Von Trier....música...

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

ESTUDO DO CORPO: EXPOSIÇÃO ( CONSTRUÇÃO) - UM LIVRO SOBRE A MORTE - 2010


Jô, nosso editorial está participando dessa exposição no MuBE!!! divulgue pra quem você conhece pra dar uma força?!! Layla
Beeijos!!

ONSPEED: PUBLICA O EDITORIAL INSPIRADO NO POEMA " CORVO", POE POR CAROL RODRIGUES E TABATA REZENDE

locaçãoa equipe

O resultado do editorial saiu na revista : http://onspeed.com.br/ensaio-poe.html

SAIU O EDITORIAL DE FORMATURA DAS ALUNAS DE CRIAÇÃO- FMU CONFIRA O RESULTADO L'OFFICIEL BRASIL


 A realização do nosso editorial foi tranqüila, tudo correu bem apesar da ansiedade e expectativa.

Foi tudo feito numa segunda- feira dia 09/11/09, no campus da FMU mesmo na Vila Mariana no estúdio de fotografia. Por sorte tínhamos a infra estrutura necessária. Estava tudo marcado para começar as 13:00, chegamos cedo na faculdade para acertar os últimos detalhes e por sorte o fotografo, Daniel Malva, já estava la assim podíamos ir já decidindo e acertando os últimos detalhes, faltava apenas a modelo Ingrid Ruiz ( linda!!) da agencia Joy Models e o maquiador Ale Tierni, que no dia estava fazendo um outro trabalho para a FMU.

 Confira o ensaio exclusivo de Daniel Malva para L´Officiel Brasil Por Bira Veneziane

O clima gótico tem um apelo 90´s, refletindo a atual tendência que toma conta das passarelas e semanas de moda ao redor do mundo. Ombros estruturados, formas geométricas, gola alta e muito preto remetem a estação que se avizinha.
Malva clicou a bela Ingrid Ruiz (Joy) usando criações das alunas da FMU- DA GRADUAÇÃO DE CRIAÇÃO: de Ana Paula Moraes e Elaine Cristina dos Anjos.
Locação: Stúdio da unidade FMU- Vila Mariana
Quem assina a beleza marcante – à la Theda Bara, diva do cinema mudo – é o beauty artist Alessandro Tierni.
http://lofficielbrasil.uol.com.br/moda/lofficiel_brasil_ensaio_spectrum_daniel_malva_janeiro_2010.html

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Salão de Design e inovação antecipará verão 2011 com exposição e palestra de Walter Rodrigues para o setor calçadista

INSPIRAMAIS

Nem mesmo os desfiles de moda apresentaram o inverno 2010 e o estilista Walter Rodrigues já se prepara para antecipar aos aficionados por moda as inspirações para o VERÃO 2011. As palestras e a exposição do Fórum de Inspirações Verão 2011 acontecerão entre os dias 03 a 05/02 integrando o evento INSPIRAMAIS, que acontece no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo. Outras ações paralelas como Oficinas de Criação; Congresso de Inovação Tecnológica e Projeto Memórias do Fazer - onde a sapataria artesanal será resgatada e apresentada pelo sapateiro italiano Amedeo Francesco Rivellini, fabricante do designer Manolo Blahnik, o preferido de Madonna e Sarah Jessica Parker - acontecerão no mesmo evento, que tem a programação completa disponível no site www.inspiramais.com.br
Serviço:

INPIRAMAIS
03 a 05 de fevereiro de 2010 - Das 13 às 20 horas
Centro de Convenções Frei Caneca - Rua Frei Caneca, 567 - 5º andar - SP Informações e inscrições - www.inspiramais.com.br
Palestra Walter Rodrigues - Fórum de Inspirações Verão 2011
03 e 04 de fevereiro - 18 horas - Entrada gratuita
Exposição Fórum de Inspirações Verão 2011
03 a 05 de fevereiro - das 13 às 20 horas - Entrada gratuita
Fonte: Maquinario Assessoria